Olhar Direto

Domingo, 17 de fevereiro de 2019

Notícias / Cidades

Blitz da Lei Seca prende nove e autua outros 15 por direção sob influência de álcool

Da Redação - Vinicius Mendes

09 Fev 2019 - 10:05

Foto: Reprodução

Blitz da Lei Seca prende nove e autua outros 15 por direção sob influência de álcool
O Grupo de Gestão Integrada, composto pela Polícia Militar, Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran), Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana de Cuiabá e Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), realizou uma blitz da Lei Seca na madrugada deste sábado na Avenida Beira Rio em Cuiabá.
 
A ação resultou em nove prisões de pessoas que estavam dirigindo embriagadas, com concentração de álcool no sangue superior a 0,33 ml/L. Outras 15 pessoas foram autuadas, também por dirigirem sob influência de álcool, mas com concentração menor no sangue. Um total de 124 pessoas foram submetidas ao teste do bafômetro.
 
Leia mais:
Blitzes na Getúlio e Julio Himet termina com apreensão de 18 veículos
 
A ação durou das 04h10 às 06h20. Neste período um total de 124 pessoas foram submetidas ao teste do bafômetro, sendo que 32 foram autuadas por infrações de trânsito. Destas, 14 tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida e oito tiveram o documento do carro recolhido. Ao todo 21 veículos foram recolhidos.
 
A blitz também resultou em nove prisões, relativas ao artigo 306 do Código de Trânsito. Outras 15 pessoas também foram flagradas dirigindo bêbadas, mas não coube prisão, segundo o tenente coronel Esnaldo, por causa da quantidade de álcool no sangue.
 
“Deu infração administrativa, não deu crime, porque o teor de álcool no sangue expelido pelo ar foi de 0,05 a 0,33. A partir de 0,34 em diante é crime, mas menos que isso é infração administrativa, mas também gera uma multa altíssima, de uma média de R$ 3 mil. Teve também o 165-A, que é a recusa, que vai responder administrativamente e é a mesma condição do outro”, disse o militar.

8 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Olhar Direto. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Olhar Direto poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.

  • Marta Tavares
    10 Fev 2019 às 08:04

    Parabéns ao novo governador desse Estado fez por em prática a lei seca em Cuiabá . Isso aqui é uma vergonha pessoas sai de bares , restaurantes, almoço ,jantares ....visivelmente bebados , sabiam que não exitia blitz . Se a policia de transito junto ao detram intensificar as blitz prender sem distinção vai educar esse povo , como aconteceu a anos nos demais Estados da federação.

  • Eduardo
    09 Fev 2019 às 21:45

    melhor ler isso do que ver outra materia fldo de um irresponsavel cheio de alcool atropelado pessoas por ai...

  • Fernando
    09 Fev 2019 às 18:45

    Parabéns ao pessoal envolvido que dêem continuidade a população de bem agradece

  • Paulo - cpa
    09 Fev 2019 às 18:37

    Apesar deser evangélico e não beber, sou completamente contra esse tipo de blitz, pois não traz nada de educativo e acaba fazendo com que esses mesmos condutores voltem a dirigir nessa mesma condição. Obrigado a todos.

  • Juinense
    09 Fev 2019 às 14:04

    Parabéns. A população de bem reconhece a apoio este tipo de trabalho!!!

  • Moa
    09 Fev 2019 às 14:04

    Claro que 9 é pouco, mas deve ter mais está madrugada. Prendendo uns 20 por semana logo, logo vai acabar com está praga mortífera que é bêbado ao volante, ainda falta prender os aloprados, que andam em alta velocidade e só param nos radares, mas que depois de alguns metros já estão acima de 100 por hora.

  • MANEZINHO
    09 Fev 2019 às 13:25

    Vou fazer aqui um breve cometário sobre lei seca(que por sinal é só uma lei) Não serve para nada só tem o intuito de arrecadar verbas para o governo.A lei tem que funcionar da seguinte forma: o motorista foi pego na blitz o primeiro passo, recolher sua habilitação, 2º passo uma fiança minina de r$ 50.000,00 , 3º passo a CNH será refeita novamente apos 05 anos como manda o código nacional de transito e por ultimo o 4º passo o motorista terá que fazer tudo novamente os tramites para uma nova CNH, lembrando que os valores serão tudo em dobro. Só assim o motorista pensará 02 vezes ao sair por ai com a cara cheia de cachaça.PRONTO FALEI.......

  • Roberto A
    09 Fev 2019 às 10:46

    Parabéns a todos envolvidos nesse trabalho! Blitz neles!

Sitevip Internet